sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Greve nacional em defesa dos aposentados

Vespasiano Rocha

Greve de um dia, dos trabalhadores de todas as categorias do país, urbanos e rurais, em data a ser marcada, para o governo federal atender as reivindicações dos aposentados.
A proposta é do presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil, Montagem e Manutenção Industrial de Santos e região (Sintracomos), Macaé Marcos Braz de Oliveira. Ela foi feita em reunião de 26 sindicatos da central Força Sindical (FS), na manhã da quinta-feira (16), em Santos. O dirigente proporá o movimento à direção nacional da central, nos próximos dias. O sindicalista pretende que a FS debata a iniciativa com as demais centrais e que a paralisação atinja os setores produtivos e de serviços. “Será uma paralisação de solidariedade aos aposentados e de prevenção dos trabalhadores da ativa”, pondera Macaé. “Os empregados de hoje serão os aposentados de amanhã”.
A reunião da quinta-feira (16), convocada pelo coordenador regional da FS, Herbert Passos Filho, debateu prolongadamente a situação dos aposentados. Presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Química e Farmacêutica de Cubatão, Baixada e Litoral, Herbert Passos apoiou a ideia de Macaé. “A presidenta (da República) Dilma (Rousseff) teve amplo apoio do sindicalismo e dos trabalhadores para sua eleição. Mas, infelizmente, não vem cumprindo seus compromissos”, diz Passos.
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Santos e região, Valdir de Souza Pestana, também presente, concorda com a paralisação. “As centrais sindicais condicionaram o apoio a Dilma a diversos compromissos, entre eles a revisão do fator previdenciário e a recomposição das perdas dos aposentados e pensionistas.” Pestana defende que, além do apoio dos trabalhadores da ativa, os aposentados também lutem por seus direitos, nos departamentos sindicais e associações específicas do segmento.
Título e Texto: Vespasiano Rocha, Assessoria de Imprensa da Força Sindical Santos – SP

 
Greve Geral
Em defesa dos aposentados
Abrace essa ideia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-