quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Aplicativos de transporte não informam ao motorista o destino do passageiro...


Em outubro deste ano, no Rio de Janeiro, chamei um Uber, da Barra para São Cristóvão. Minutos depois recebi um SMS do motorista: “Qual o seu destino, senhor?”. Respondi e achei estranho.

Ontem, 11 de dezembro, ao assistir a uma matéria na Rede Record [vídeo abaixo], fiquei sabendo que  a maioria dos aplicativos só informa ao motorista o destino do passageiro quando este entra no carro. Foi o que entendi na reportagem. (6:36) Você sabia?

Série JR: a vida arriscada dos motoristas de aplicativos na madrugada

5 comentários:

  1. Aqui no sul informam sempre, pois disto depende o calculo prévio do valor e após, a confirmação da viagem.
    Paizote

    ResponderExcluir
  2. Vou repetir: de acordo com a matéria, a Uber, por exemplo, não informa ao motorista! Mas, informa tudinho ao passageiro. Este, ao pedir o carro, é informado do valor da corrida. Depois da viagem, recebe, por e-mail, o recibo/fatura. E até um pequenino questionário sobre o motorista.

    O que a reportagem afirma é: o motorista só sabe do destino quando o passageiro entra no carro. A matéria propaga uma mentira?

    ResponderExcluir
  3. Como o assunto despertou minha curiosidade , resolvi procurar uma resposta com a UBER.
    Fui informado que na verdade o destino só é informado ao motorista caso este solicite ao passageiro , quando for acionado,
    E isto pode ser feito através do aplicativo , sendo que o número do telefone do motorista ficará em sigilo.
    poucos motoristas consultam o destino , e aguardam o contato direo com o passageiro.
    A reportagem não chega a ser mentirosa , apenas não e4sclarece que o destino informado antecipadamente pelo passageiro é uma opção, não uma exigência.
    paizote

    ResponderExcluir
  4. A UBER informa que implantou no RGS uma tecnologia "machine learning"
    — Ao aceitar a corrida,o motorista pode, caso ache necessario buscar informações com o passageiro do destino e da região do desembarque , através do aplicativo. A intenção, segundo é detectar possíveis "situações de risco"
    Paizote

    ResponderExcluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-