segunda-feira, 5 de agosto de 2019

[Livros & Leituras] A estratégia da intimidação – Do terrorismo jihadista ao islamicamente correto

Autor: Alexandre Del Valle *
Editores: L’Artilleur/Toucan editor independente, 2018, Paris.

* Doutor em História contemporânea, consultor internacional, pesquisador associado ao Center of Political and Foreign Affaires, e professor de geopolítica e de relações internacionais.

Quanto mais se mata em nome de Alá, mais o Ocidente combate a ‘islamofobia’ e mais se fala bem do islã para “não amalgamar”.

Tal é o paradoxo do “islamicamente correto”, segundo o qual, longe de desencadear nas nossas sociedades culpabilizadas a denúncia dos preceitos sagrados que justificam a violência jihadista, a repercussão midiática dos atentados terroristas reforça efetivamente a atratividade do islã.

Alexandre Del Valle revela que a violência jihadista não é, absolutamente, um simples problema de segurança “alheio ao islã”, mas a mais eficaz ferramenta do proselitismo islâmico. E isto se explica, primeiramente pela luta obsessiva contra a “islamofobia” exigida pelos centros do islamismo mundial, que resulta em transformar o islã numa religião intocável, superior a todas as outras.

O autor descreve a estratégia da conquista dos pilares mundiais do islamismo sunita (Liga islâmica mundial, Organização da cooperação islâmica, ISESCO, Irmandade muçulmana, Turquia neo-otomana de Erdogan) que defendem a “desassimilação” e procuram, sob a desculpa da criminalização da crítica ao islã, submeter as democracias ocidentais ao excepcionalismo muçulmano. Daí a recorrente evocação da suposta “superioridade moral, filosófica e científica do islã” (como demonstraria a idade de ouro de Al-Andaluz), à qual o Ocidente seria devedor.

Apoiando-se nas melhores pesquisas históricas, Del Valle esvazia este mito fundador do supremacismo muçulmano.

Trazendo à tona a cumplicidade entre “cortadores de cabeças” (terroristas islâmicos) e “cortadores de línguas” (lobbies anti-islamofobia), Del Valle alcança uma demonstração jamais produzida, e traz a prova que o jihadismo e o islamicamente correto funcionam profundamente ligados.
Título e Texto: Alexandre Del Valle, La Stratégie de L’Intimidation, 2018

O livro é um tijolo de 540 páginas. Extensa, profunda e documentada pesquisa sobre a estratégia de intimidação do mundo muçulmano sobre o Ocidente, sua civilização judaico-cristã e sua LIBERDADE – contrariamente à falta dela nesses países.

É um livro denso, até chato, como sói ser todo e qualquer escrito contra o “politicamente correto”.
Tradução e Texto (em azul): JP, 5-8-2019

Anteriores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-