sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

Na China, familiares de vítimas do coronavírus são impedidos de falar com médicos da OMS

"Espero que os especialistas da OMS não se tornem uma ferramenta para espalhar mentiras", relata o parente de uma vítima chinesa da covid-19

Artur Piva

Em Wuhan, os parentes de vítimas da covid-19 estão sendo impedidos de conversar com membros da delegação da Organização Mundial da Saúde (OMS) que estão no local. A equipe foi enviada para investigar a origem do Sars-CoV-2, o novo coronavírus que se espalhou pelo Mundo. Os trabalhos começaram nesta quinta-feira, 28, depois que os funcionários da entidade passaram pelos 14 dias de isolamento impostos pelo governo chinês.

Da esquerda para a direita: o diretor geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesu e o presidente da China, Xi Jinping. Fonte: Xinhua

As autoridades da China deletaram um grupo formado por parentes dos mortos que funcionava no WeChat — versão chinesa do WhatsApp. Membros de cerca de 100 famílias participavam dele. “Eles temem que os familiares das vítimas possam se encontrar com a equipe da OMS e, sem qualquer aviso, desmantelaram nosso grupo WeChat durante a madrugada”, relata Zhang Hai. “Espero que os especialistas da OMS não se tornem uma ferramenta para espalhar mentiras”.

De acordo com a Agence France-Presse, sob a condição de anonimato, um integrante do grupo contou ter recebido instruções explícitas de agentes do governo chinês para não “falar com a mídia ou ser usada por outras pessoas”. Uma mulher relatou ter recebido o mesmo aviso, seguido de 5.000 yuans [R$ 4,2 mil] como “pagamento de condolências”.

Título e Texto: Artur Piva, revista Oeste, 29-1-2021, 13h09

Relacionados:
Coronavírus: com ‘lockdown’, Portugal é o país que mais registrou mortes por milhão de habitantes em janeiro
Aritmética contra a histeria em torno da covid-19
A Cor do Dinheiro - comentário de 29 de janeiro
Podemos falar sobre tratamento precoce?

Um comentário:

  1. Igor Araujo
    @igoraraujojj
    A imprensa fala da mutação amazônica, mutação britânica, mutação sul-africana, mutação brasileira....
    Mas se falar vírus chinês vc está errado.

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-