segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

Coronavírus: Fiocruz começa a produção da vacina da Oxford

Até o fim de fevereiro, a fundação brasileira pretende fabricar o total de 15 milhões de doses do imunizante

Artur Piva

No Brasil, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) começou a produzir a vacina experimental contra o coronavírus desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca. De acordo com informações prestadas pela instituição brasileira, o envase começou na sexta-feira 12.

Foto: Cadu Rolim/Estadão Conteúdo

No dia 6 de fevereiro, a Fiocruz recebeu 90 litros ingrediente farmacêutico ativo (IFA). Esse volume permite a produção de 2,8 milhões de doses da vacina. Cerca de 400 mil doses serão produzidas para pré-avaliar o controle de qualidade na produção.

Até o fim deste mês, com a chegada de mais IFA, a fundação brasileira pretende fabricar o total de 15 milhões de doses do imunizante.

Título e Texto: Artur Piva, revista Oeste, 15-2-2021, 10h20

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-