sexta-feira, 11 de fevereiro de 2022

Joe Rogan rebate canceladores: ‘Não me silenciem, façam melhor’

Declarações do humorista foram feitas no episódio mais recente de seu podcast, exibido na quinta-feira 10

Edilson Salgueiro

O humorista Joe Rogan, dono do podcast The Joe Rogan Experience, rebateu setores da imprensa, que recentemente o qualificaram como racista e disseminador de notícias falsas sobre a pandemia. Em razão das acusações, mais de uma centena de episódios de seupodcast foi removida do Spotify.

Em programa exibido na última quinta-feira, 10, Rogan comentou sua relação com a imprensa dos Estados Unidos. “A resposta não é me silenciar, é fazer algo melhor”, afirmou. “A resposta é ter melhores argumentos.

O humorista também criticou a CNN, que o acusou de ingerir vermífugo de cavalo como tratamento para a covid-19. “Deveriam ter perguntado como melhorei tão rápido”, ressaltou. “Tinham de perguntar como peguei uma doença que está matando todo mundo e melhorei em cinco dias.”

Rogan ainda sugeriu que a CNN deveria mudar o modelo de negócio. “Se você está em um mercado em que o produto é a notícia, e quer que as pessoas prestem atenção, deveria agir de maneira honesta”, salientou. “Se quiserem fazer melhor, apenas mudem a maneira de produzir conteúdo.

Israel Adesanya, um aliado de primeira linha

Ainda na última quinta-feira, o campeão da categoria peso-médio do Ultimate Fighting Championship (UFC), Israel Adesanya, saiu em defesa do humorista. “Há muitos put*s nesse jogo”, disse o lutador nigeriano, em coletiva de imprensa. “Estou nesse meio desde 2008. Joe Rogan é um dos caras mais legais e mais irados que tive o prazer de trabalhar junto.

Título e Texto: Edilson Salgueiro, revista Oeste, 11-2-2022, 18h02

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-