segunda-feira, 4 de abril de 2022

Aéreas favorecem deputado com regalias de sonho


André Brito

O diretor-geral da Câmara garantiu, mediante negociação, inúmeras regalias junto às companhias aéreas, como isenção de taxa de remarcação e até upgrade de fidelidade, que consumidor nenhum consegue nem ver de longe. A cereja do bolo, no entanto, foi a mamata de pagar no máximo R$1.338 por passagem para qualquer trecho tendo Brasília como origem ou destino e R$ 1.780 nos “assentos premium”.

Na vida real

Para o consumidor comum, viagem de meia hora entre Brasília e Goiânia custa mais de R$2 mil, mesmo marcada com 12 horas de antecedência.

Aéreas esfolam

O consumidor comum não tem chance de pleitear a isenção de taxa de remarcação. Pior, em alguns casos, chega a 80% do valor da tarifa.

A pão de ló

As aéreas sempre trataram parlamentares com regalias, permitindo até que eles embarquem nos voos antes de quem os sustenta: nós.

Boa notícia

Apesar do evidente uso da força política para obter mordomias, há um lado bom disso tudo. A conta, paga pelo contribuinte, agora é menor.

Título e Texto: André Brito, Diário do Poder, 1-4-2022, 21h53

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-