domingo, 24 de abril de 2022

?

Um comentário:

  1. Esperta. Hoje não acredito em Papai Noel, não confio em eleições transparentes, menos ainda em parlamentares honestos. Passa longe da minha mente a concepção de um estado democrático de direito que seja efetivamente direito. Via outra, não levo fé na justiça e menos ainda confio nos ministros que compõem a chamada corte suprema. De suprema, nem as paredes. Quando eu não era crescida, acreditava em bruxas, em duendes, em vermes e ratos de esgoto. Por desgraça minha, as bruxas dos meus tempos de menina seguem firmes e fortes. Os duendes não deixaram de aprontar, e, para piorar o quadro das minhas tristezas e dissabores, os vermes e os ratos de esgoto mudaram literalmente de lugar. Despovoaram da minha infantilidade confesso, porém, seguiram por outras rotas, ou seja, em dias atuais, atormentam a minha visão animalesca de um brasil à beira de uma guerra pior que a do 'Vlaissumir Putinho', aquele câncer russo que a meu entender deveria estar no inferno atormentando seu consanguíneo, o Capeta.
    Carina Bratt
    Ca
    de Salvador, na Bahia

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-