quinta-feira, 21 de abril de 2022

FC Porto elimina Sporting e está na final da Taça de Portugal

Um golo de Toni Martínez decidiu o clássico com o Sporting e o FC Porto está na final da Taça de Portugal

O FC Porto qualificou-se para a final da Taça de Portugal ao vencer nesta quinta-feira o Sporting (1-0), no Estádio do Dragão, na segunda mão das meias-finais da prova. Depois do triunfo por 2-1 em Lisboa, os azuis e brancos voltaram a bater os lisboetas, desta vez com um golo solitário de Toni Martínez (82m). 

No jogo da decisão, que se disputará no Estádio do Jamor, o FC Porto vai defrontar o Tondela.

A primeira parte deste clássico mostrou duas equipas muito encaixadas uma na outra e sem consentir qualquer veleidade no último reduto, pelo que não surpreende que não se tenham registado grandes lances de perigo, à exceção de um contra-ataque rápido do FC Porto que só não deu golo por escassos centímetros: Fábio Vieira lançou Mehdi Taremi e um ressalto caprichoso deixou a bola à mercê de Zaidu, mas o lateral esquerdo, na cara de Adán, errou o alvo por muito pouco (38m). Parece mentira, mas este foi mesmo o único momento verdadeiramente digno de registo nos 45 minutos iniciais.

A etapa complementar começou com aquela que foi literalmente a única oportunidade de golo para o Sporting em todo o encontro: Matheus Nunes apareceu na cara de Marchesín mas não conseguiu desfeitear o guarda-redes argentino, que se opôs com grandíssima categoria ao remate do médio luso-brasileiro (51m). Na resposta, Fábio Vieira testou os reflexos de Adán (57m) antes de Vitinha ameaçar o golo em duas ocasiões (58m e 72m). 

O nulo parecia inalterável, mas Toni Martínez tinha uma ideia diferente para este clássico: servido por Pepe, o avançado espanhol dominou a bola antes de rematar sem hipóteses para Adán, mas o golo foi anulado pelo assistente por um pretenso fora de jogo.Fazendo o que lhe competia, o VAR alertou Nuno Almeida para a legalidade do golo e o Estádio do Dragão pôde finalmente explodir de alegria com o momento de inspiração de Toni Martínez (82m). 

O árbitro que viajou do Algarve não daria o apito final sem antes mostrar o cartão vermelho direto a Pedro Porro por uma entrada duríssima sobre Galeno (88m). Em inferioridade numérica, o Sporting tornou-se ainda mais inofensivo e o FC Porto geriu o 1-0 como quis até ao final do jogo, carimbando a tão desejada presença na final do Jamor, na qual vai disputar o troféu com o Tondela.

Texto: FC Porto, 21-4-2022, 22h27

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-