sábado, 6 de junho de 2020

Sintra distribui um milhão de máscaras através das caixas de correio

A Câmara Municipal de Sintra iniciou esta segunda-feira (18 de maio) a distribuição gratuita de um milhão de máscaras à população, naquele que é o segundo concelho mais populoso de Portugal

São um milhão de máscaras de proteção individuais que ao longo dos próximos dias serão entregues nas caixas de correio do concelho de Sintra.


O presidente da Câmara Municipal de Sintra lembra que, “esta operação de envio de máscaras pretende contribuir para proteger a população, mas é também uma forma de sensibilizar para a necessidade de cumprir com o dever cívico de recolhimento, cumprir as medidas de distanciamento social, de higienização das mãos e de etiqueta respiratória que continuam a ser as nossas melhores armas para combater o Covid-19”.

Basílio Horta lembra o investimento superior a “meio milhão de euros” nesta iniciativa que, “só foi possível graças ao voluntariado de centenas de funcionários da Câmara Municipal e SMAS de Sintra”. “Durante o fim de semana e ao longo de vários dias centenas de colaboradores demonstraram o espírito de união e solidariedade de todos que vivem e trabalham em Sintra”, sublinha Basílio Horta que agradeceu “a colaboração de todos”.

A Câmara de Sintra assumiu a distribuição de equipamento de proteção junto das IPSS, forças de segurança, bombeiros, e outras entidades que trabalhem junto de grupos de risco ou com população mais vulnerável. Foram distribuídas mais de 250 mil e entregues diferentes equipamentos e materiais de proteção a diversas instituições, tais como: luvas, viseiras, batas descartáveis, gel desinfetante, álcool etílico, dispensadores de gel desinfetante, batas descartáveis, fatos completos e proteções para sapatos.

A autarquia continua a acompanhar a evolução da propagação do Coronavírus, antecipando e atuando com novas medidas preventivas, caso seja necessário, garantindo as atividades essenciais e prioritárias no município, bem como o apoio à população.
Fonte: Câmara Municipal de Sintra, 18-5-2020

Recebi hoje o envelope com cinco máscaras.

3 comentários:

  1. Ótima iniciativa. Haverá quem questione o timing, pois que por estes tempos, todos têm uma (ou mais) máscara em casa. Mas, mais vale tarde do que nunca.

    No mínimo, a “autoridade” muda o disco desgastado, riscado e desacreditado do “fique em casa”, slogan bonitinho, eufemismo para a transferência da responsabilidade do enfrentamento para o cidadão, o indivíduo.

    Cabe à autoridade a liderança, e até onde estudei, o líder está sempre à frente. Se está atrás, então, é pastor. (Com todo o carinho pelas ovelhinhas).

    Outras iniciativas poderão ser tomadas. Além da disponibilização de leitos hospitalares (com todo o hardware concernente), de material protetor para os agentes de saúde, se pode e/ou deve disponibilizar – ou fomentar a sua produção – toda a sorte de equipamentos protetores: viseiras, separadores transparentes (em plástico ou acrílico) para motoristas de ônibus, de táxis e de aplicativos, álcool gel, desinfecção de locais públicos...

    (Há muitos anos, tanto em Angola, que chamávamos de “carro de fumo”, como no Brasil, chamado de “fumacê”, existiam uns carros adaptados que soltavam “fumaça” para matar mosquitos – veículos de muitas doenças. No Brasil ainda existem.)

    Tenho ido ao supermercado, quer dizer, fui duas vezes, e “adorei”: devido ao limite do número de clientes, você circula pelo supermercado na maior tranquilidade. Boa! E tem álcool em gel logo na entrada.

    Tanto no “Pingo Doce” como no “Lidl” eu vi funcionária desinfectando as alças dos carrinhos.

    Necessário também o fim do jornalismo de velório e do dedurismo: “Ain! Ele está sem máscara! Prendam e arrebentem!”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah! Outra medida, mais do que importante, fundamental: disponibilizar testes de coronavírus para a população, assim com encontramos em qualquer farmácia medidor de pressão arterial.

      Excluir
  2. Ambas sugestões,se adotadas, seriam bem vindas!

    ...and white lives too matter!

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-