sexta-feira, 1 de outubro de 2021

Cheios de ideias

Manuel Rezende

Estávamos eu e a minha noiva em contemplação televisiva quando começou a dar o programa do Júdice [foto]. Já foi aqui há uns tempos atrás, já agora.

Começou o vetusto senhor a derramar sobre nós as suas habituais asneiradas quando aconteceu uma coisa muito engraçada.

A jornalista que o entrevistava, a Clara de Sousa, sentindo-se particularmente investida nos assuntos que o respeitável comentador comentava, decidiu interromper aqui e ali a oratória do dito com as suas próprias pontilhadas. O Júdice, que não gosta nada dessas coisas, irritado exlamou:

“A menina hoje está cheia de ideias!”

Nunca ninguém mencionou isto, nem nas redes sociais nem nos canais de tv. Eu achei brilhante. Aliás, desde 1978 que o Júdice não dizia nada tão interessante mesmo. Ponto.

De tal maneira que agora, lá em casa e na vida, sempre que alguém se põe com invenções, lá me sai uma citação do Júdice:

“A menina hoje está cheia de ideias!”

Nunca falha.

Título e Texto: Manuel Rezende, o Diabo, nº 2335, 1-10-2021 
Digitação: JP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-