sexta-feira, 22 de outubro de 2021

[Foco no fosso] O APP que nos falta

Antecipando voto

Haroldo Barboza

A cada dia devem surgir entre 5 e 10 APPs novos para nossos smarts. Desde medir nossa insulina até calcular o peso de uma formiga grávida!

Dentro desta diversidade tão bem explorada, sugiro (caso ainda não exista) que nossos aplicados técnicos em TI elaborem um programa que pode ser batizado de: segue incauto.

Resumo das funções:

- Ao abrir, surge menu de saudação ao usuário: bom dia, eleitor enganado.

Digite seu título de eleitor e clique numa das opções abaixo:

1 - ( ) municipal / ( ) estadual / ( ) federal

Após escolha do nível, as opções similares são:

2 - conferir histórico do parlamentar/executivo (nome-dele) desde 1ª eleição;

2.1 - exibir promessas e quais foram concluídas;

2.2 - exibir total de processos contra ele e em quais foi “inocentado”;

2.3 - exibir como ele foi inocentado no processo (número-do-processo);

2.4 - exibir montante desperdiçado pela nação com suas medidas;

2.5 - exibir quanto é seu custo mensal (salário + vantagens + mordomias);

2.6 - exibir total de horas em que esteve presente na câmara/palácio no período de d1/m1/aaa1 a d2/m2/aaa2;

2.7 - quantos familiares estão alocados nos gabinetes (3 níveis) dos parceiros;

2.8 - por quantos partidos diferentes ele concorreu ao longo da vida;

2.9 - quantas vezes usou transporte governamental (quando não precisava) ao longo da vida;

3 - sobre os partidos (dentro de cada nível);

3.1 - total de parlamentares eleitos no último pleito pelo partido (sigla);

3.2 - custo de partido (sigla) dentro da câmara em pauta;

3.3 - quantos projetos apresentados / aprovados por este partido (sigla) nas (nn) últimas legislaturas;

Fica por conta de cada leitor, sugerir novas opções a serem acopladas a este FABULOSO APP com o qual sonhamos.

Aproveitando o embalo, as duas últimas opções podem ser:

a) Na próxima eleição votarei no candidato (nome-dele ... escrever NOVENOVE se nenhum lhe agrada) para qualquer cargo;

b) na próxima eleição solicito que haja uma enquete sobre o tema abaixo (Ex.: educação/filho de parlamentar deve estudar em escola pública?) 

Estas informações serão um indicativo do quanto os eleitores estão “alegres” com seus escolhidos. 

Título e Texto: Haroldo Barboza, Rio de Janeiro, outubro de 2021

Anteriores: 
[Foco no fosso] Susto global 
Racha cuca 
Túnel às escuras 
Fé demais ou fede menos? 
O peso da “seriedade” Esquentando a revolta
A 4ª “onda” pode chegar em agosto 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-