sexta-feira, 8 de outubro de 2021

Em protesto contra Guedes, MST vandaliza sede da Economia

Prédio do governo foi pichado por esquerdistas

Cristyan Costa

Membros do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) atacaram a sede do Ministério da Economia. Em protesto contra o ministro Paulo Guedes na quinta-feira 7, integrantes do ajuntamento picharam a lateral do prédio: “Guedes no paraíso e o povo no inferno” e “Guedes lucra com a fome”.

Integrantes da Central Única dos Trabalhadores e de grupos de esquerda também realizaram manifestações na frente da Economia, cobrando explicações de Guedes. O grupo espalhou dólares falsos cheios de sangue no local e levou ossos como protesto contra a “miséria e inflação.”

O ato ocorreu depois da revelação de que o ministro possui uma offshore no exterior. No Brasil, ter uma empresa desse tipo não é crime, desde que seja declarada à Receita Federal — como é o caso de Guedes. A informação consta em um lote de documentos chamado “Pandora Papers”.



Título e Texto: Cristyan Costa, revista OESTE, 8-10-2021, 6h21

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-