terça-feira, 19 de abril de 2022

Brasil sai da lista de destinos ‘não recomendados’ dos EUA

A decisão da agência sanitária rebaixou o risco no país por causa da covid

Centro do Controle de Doenças (CDC) — agência sanitária dos EUA — anunciou na segunda-feira 18 uma mudança nas recomendações de viagens. O órgão retirou 89 países da lista de recomendações de “não viajar” por conta da covid-19.

Com o arrefecimento da pandemia, os EUA consideraram que o status — categorizado como “nível 4″ — não é mais necessário.

O Brasil foi um dos países que tiveram a recomendação retirada. Na prática, ela não vetava a viagem dos norte-americanos, sendo somente uma norma técnica. A decisão do CDC rebaixou o risco no país para o “nível 3”, ainda considerado alto. Nesse patamar, a viagem deixa de ser indicada apenas para não vacinados.

Agora, o nível 4, aplicado somente em “circunstâncias especiais”, será reservado para países que registrarem um volume muito grande de infecções ou uma trajetória de alta preocupante, informou o órgão dos EUA.

“Com essa nova configuração, os viajantes terão um alerta mais acessível sobre quando não devem viajar para determinado destino, independentemente do status de vacinação, até que tenhamos um entendimento mais claro da situação da covid-19 naquele destino”, informou o CDC.

Título e Texto: Redação, Revista Oeste, 19-4-2022, 12h50 

Relacionados: 
EUA: Justiça declara ilegal exigência de máscaras no transporte público 
Governo anuncia fim da emergência sanitária por covid-19 no país

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-