terça-feira, 19 de abril de 2022

EUA: Justiça declara ilegal exigência de máscaras no transporte público

A decisão vale para trens, metrô, ônibus e voos domésticos em todo território norte-americano

O uso de máscaras não é mais obrigatório em voos nacionais, trens, metrô e ônibus nos Estados Unidos. A medida está valendo desde segunda-feira 18, de acordo com o governo do país.

A medida foi adotada depois que a Justiça norte-americana declarou ilegal a obrigatoriedade do uso de máscaras no transporte público. A magistrada Kathryn Kimball Mizelle, da Flórida, determinou que o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) — a agência sanitária federal — ultrapassou a sua autoridade ao impor a exigência das máscaras em aviões, trens, metrô e ônibus.

A decisão vale para o território dos EUA; no entanto, para voos internacionais, a Associação Internacional de Transporte Aéreo informou que cabe a cada empresa decidir as normas para o embarque, que podem ou não exigir o uso de máscara.

O governo dos EUA ainda está avaliando quais serão seus próximos passos, mas, por enquanto, não há obrigatoriedade.

Nas últimas semanas, o governo do democrata Joe Biden vinha sofrendo uma crescente pressão para flexibilizar ou anular a medida. Cerca de 20 Estados, liderados por republicanos e várias grandes companhias aéreas, haviam pedido o fim do uso obrigatório de máscara em aviões e outros meios de transporte público.

Título e Texto: Redação, Revista Oeste, 19-4-2022, 9h

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-