sexta-feira, 27 de novembro de 2020

O ‘endeusamento’ do ex-jogador Diego Maradona

Não assisto telejornais do Brasil, muito menos de Portugal – estes tão só esmerados em atacar, de muitas formas e feitios, Donald Trump e Jair Bolsonaro; “en même temps” turificam o presidente, o governo de Portugal e tudo o que lhes seja próximo.

Uma exceção: o jornal da Record News – que demorei a perceber que o que passa hoje às 20h foi ao ar… ontem! 😊. 

Portanto, em termos de jornal televisivo, minha única fonte é o jornal da Record, de ontem. Além de tuítes e menções no Facebook, algumas newsletters de jornais e revistas, daqui e d’além mar. Mas, esse poucochinho me basta para julgar como endeusamento o tanto que se relata sobre o ex-jogador. Que, continuo, parece que foi um excelente jogador de futebol. 

Nenhuma menção, nem de leve, à batota dentro de campo, nem ao estilo e tipo de vida adotados extracampo.

Meus sentimentos à família enlutada!

Um comentário:

  1. Nostalgia
    De manhã abre-se os jornais, ouvem-se as rádios e há aquela falta. Um vazio. Aquele obrigatório que se sumiu… Falo das duas notícias obrigatórias sobre o Trump: uma invariavelmente a dar conta da sua maldade, outra, em estilo anedota, a ilustrar a sua estupidez.

    Agora os autores desses tópicos obrigatórios à obtenção do cartão de bom cidadão andam perdidos. Buscam um novo Trump. Vá lá não desesperem… Novos dias virão.
    Helena Matos, 27-11-2020

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-