quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Vacina da Oxford: Brasil pode receber 80 milhões de doses até fevereiro

País pode ser capaz de imunizar mais da metade da população antes de março de 2021

Artur Piva 

O governo brasileiro firmou acordo para que 80 milhões de doses da vacina da Oxford sejam entregues até o começo de 2021. Cerca de 40 milhões de doses devem chegar no início de janeiro e a outra metade em fevereiro.

Testado no Brasil por meio de uma parceria com a Fundação Oswaldo Cruz, o imunizante para combater a doença causada pelo novo coronavírus foi desenvolvido pela universidade do Reino Unido em parceria com o laboratório britânico AstraZeneca. 

A encomenda do governo federal seria suficiente para vacinar cerca de 37% dos 212 milhões de habitantes do Brasil. Adicionada à compra de 46 milhões de doses da vacina chinesa CoronaVac, a quantidade tornará o país capaz de imunizar mais da metade de sua população antes de março de 2021. 

As duas vacinas, no entanto, ainda precisam ser aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. 

Título e Texto: Artur Piva, revista Oeste, 24-11-2020, 16h10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-