segunda-feira, 23 de novembro de 2020

A ler. O último parágrafo é indispensável

Imagem da Porta da Loja

Título: Helena Matos, Blasfémias, 23-11-2020

Relacionados:
A imprensa morre no escuro
[Diário de uma caminhada] «Já nem os pretos engano…», a confissão do sr. Mamadou
Rio tem protesto pela morte de João Beto no Rio Grande do Sul
André Ventura e a Questão Cigana. CHEGA de ignorância e de humilhação dos portugueses honestos! (II)
Justiça social: ciganos, negros e demais minorias. André Ventura e a morte moral da esquerda (I)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-