terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Imprensa: “pessoa mais corrupta”

Fra Diavolo

Durante alguns dias, a imprensa portuguesa de esquerda embandeirou em arco: o presidente brasileiro Jair Bolsonaro tinha sido “considerado a pessoa mais corrupta do ano”!

Não sendo Bolsonaro especialmente conhecido por atos de corrupção a “notícia” cheirava a esturro. E estava mesmo queimada: acusavam-no, afinal, de “usar propaganda para promover a sua agenda populista” e de “travar uma guerra destrutiva contra a Amazônia” – algo muito pouco consistente com a ideia de “pessoa mais corrupta” do mundo.

O enigma esclareceu-se quando se percebeu que o “prêmio” tinha sido atribuído por um “Organized Crime and Corruption Reporting Project”, um “consórcio” dominado por ativistas do mundo islâmico especializados em manipulação política.

E assim se fazem “notícias”…

Texto: Fra Diavolo, o Diabo, nº 2297, 8-1-2021

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-