terça-feira, 12 de outubro de 2021

Que bons que eles são!

José Miguel Roque Martins

O congelamento de rendas, que parece não ter fim, é a eternização da violação ao direito à propriedade consignado na Constituição e na Carta dos Direitos do Homem (desde a república, passando pelo Estado Novo e confirmada pelo regime de abril).

A transferência, pelo Estado, do pagamento de políticas sociais para os proprietários, que são assim roubados. Políticas sociais com o dinheiro dos outros é mais fácil.

A discriminação pública positiva de uma minoria (os arrendatários anteriores a 1999), aumentando a desigualdade dos cidadãos perante a lei.

A manutenção de uma má memória que prejudica o mercado de arrendamento, "aconselhando" a intervenção do Estado em construção mais cara, aumentando a clientela dos partidos no poder, pelos poucos agraciados destas políticas. Mais custos, mais discriminação.

Título e Texto: José Miguel Roque Martins, Corta-fitas, 12-10-2021

Relacionado: 
Os senhorios continuam a fazer de Segurança Social

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-