sábado, 9 de abril de 2022

Executiva da Disney promete mais personagens LGBT+ (O que é uma CRIANÇA trans, queer?!)

'Estou aqui como mãe de duas crianças trans', disse Karey Burke

Cristyan Costa

Até o fim do ano, 50% dos personagens e conteúdos produzidos pela Disney serão voltados para a comunidade LGBT+ e “minorias raciais”. A promessa é de Karey Burke, executiva da empresa. “A Disney tem de ser mais inclusiva”, defendeu Karey, em uma live com funcionários, no fim do mês passado.

“Estou aqui como mãe de duas crianças queer, na verdade, uma criança transgênero e uma criança pansexual, e também como líder”, observou Karey. “Nas últimas semanas, recebi recomendações de colegas de trabalho e de pessoas em fóruns abertos na internet, além de e-mails e conversas por telefone. Sinto a responsabilidade de falar também pelos meus filhos.”

Pouco depois, a chefe de diversidade e inclusão da Disney, Vivian Ware, revelou que os parques da empresa não tratam mais os visitantes como “senhoras e cavalheiros, meninos e meninas”, mas, sim, como “sonhadores” e “amigos”. “No verão passado, removemos todas as saudações de gênero em relação aos nossos discursos ao vivo”, disse Vivian.

Trata-se de uma nova “política de inclusão” do gigante de entretenimento. As novas diretrizes da empresa fazem parte da campanha Reimagine o Amanhã.

Título (com acréscimo do Editor) e Texto: Cristyan Costa, revista Oeste, 9-4-2022, 9h41

Repito a pergunta do título: o que é uma CRIANÇA (CRIANÇA!) transgênero ou pansexual??

2 comentários:

  1. Dercio Conceição9 de abril de 2022 19:49

    “Disney promete mais personagens LGBT+” e nós, os pais, tios, avós, etc., prometemos não mais comprar produto algum da Disney, e também vamos denunciar nas redes sociais essa postura da empresa.

    ResponderExcluir
  2. Temos lugares mais elegantes para serem visitados. Por que a Disney? Sugiro o Instituto Lula, o Tripreis, Triplese, trutripeis, me perdoem, não consigo escrever o nome com a grafia correta, mas faço referência ao apê de Lula na praia de Astúrias, em Guarujá. o sítio Santa Bárbara de Atibaia... quem quiser ir mais longe pode incluir o Congresso, a Explanada dos Mis'té'rios, o Palhaço do Planalto, o Palhaço da Alvorada, o Largo Paranoá, a Torre de Televisão, a Rádio Alvorada, na W 3, enfim, o circo armado no STF. O cardápio é longo e bem chamativo. E você não gastará muito. Se pagar bem, pode dar sorte e até tirar uma foto com o xerife Alexandre de 'Morrais'.
    Esqueça a Disney. Visite Brasilia, antes que seja enterrada.
    Carina Bratt
    Ca
    de Sertãozinho, interior de São Paulo

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-