quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Os corruptos-mistério do Expresso ou a arte de branquear socialistas

Helena Matos

O EXPRESSO faz este título  «Conhecidas as sentenças do maior caso de corrupção já julgado em Espanha. Vox já respondeu– e continua a capitalizar» Convenhamos que é esquisito, refere-se o maior caso de corrupção já julgado em Espanha  mas não se diz quem  são os condenados e em seguida conclui-se que o partido Vox «já respondeu – e continua a capitalizar»


NADA. Vox para aqui, Vox para ali mas não sendo este um artigo sobre a história do Vox mas sim sobre um julgamento por corrupção por que não começar simplesmente por dizer quem foi condenado e já agora em que consistia essa corrupção?

Ex-presidente do Governo da Andaluzia Antonio Griñán chega ao Tribunal de Sevilha para ouvir a sentença do caso ERE. Foto: Cristina Quicler/Getty Images

Ficamos felizes por saber que o PSOE sofreu com este processo, mas a não ser que se esteja por dentro do caso é um pouco difícil perceber o que se quer dizer com isso tanto mais que não se explica que eram dirigentes socialistas os condenados.

A notícia lá prossegue nesta estranheza. No total escreve-se VOX cinco vezes e PSOE duas. Depois vêm queixar-se que os jornais perdem leitores.
Título e Texto: Helena Matos, Blasfémias, 20-11-2019

Relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-