segunda-feira, 18 de novembro de 2019

[Flagrantes do quotidiano] Preso no trem

No início da minha viagem de trem, regressando a Lisboa, aconteceu a anedota que passo a narrar.

Um jovem senhor que ajudara a sua esposa e filho pequeno a se acomodarem no assento (à minha frente), quando o trem apitou avisando da partida ele correu para a porta, mas esta não abriu, bloqueada automaticamente.

Aí já viu, o jovem senhor ficou muito atrapalhado, bastante atrapalhado mesmo...

Como ele estava à minha frente, falei: é só sair agora em Vila Nova de Gaia, mais três minutos... Fique tranquilo, o revisor só aparece depois de Gaia...



Nunca mais esquecerei o suspiro de alívio. 😊

Anteriores:

2 comentários:

  1. De toda a evidência o jovem casal não tinha muita familiaridade com o Porto...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me imagino num trem em França (apesar de conhecer a língua) na mesma situação do moço, sem saber da próxima parada a três minutos... ;)

      Excluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-