terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Deixem-nos ter pesadelos

Manuel Rezende

O novo livro do Papa Francisco (ridiculamente intitulado “Let Us Dream”) inclui sérias críticas a todos os que protestam contra os ‘lockdowns’ consecutivos que a maioria dos governos ocidentais tem imposto às suas populações.

Não se percebe bem o argumento de Sua Santidade: aparentemente os trabalhadores dos países em ‘lockdown’ são “egoístas” por quererem liberdade para se deslocarem aos seus locais de trabalho e por quererem voltar aos seus empregos.

Contudo, os emigrantes têm carta branca para se deslocarem onde quiserem (até mesmo ilegalmente) para exercerem profissões e quiçá esses mesmos empregos.

Não conseguimos perceber; e se algum dos nossos leitores tiver acesso a algum membro da hierarquia do clero que nos possa esclarecer, ficaríamos extremamente agradecidos.

Título e Texto: Manuel Rezende, o Diabo, nº 2294, 18-12-2020
Digitação: JP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-