terça-feira, 29 de dezembro de 2020

Ricardo Sá Pinto não é o único a deixar o Vasco

O português Ricardo Sá Pinto não é mais técnico do Vasco. A diretoria do clube decidiu demitir o treinador após a derrota sofrida para o Athletico, que dificultou ainda mais a situação do time no Campeonato Brasileiro.

Foto: James Williamson

Ele deixa o clube após pouco mais de dois meses no cargo. Foram 15 partidas à frente do time cruzmaltino, com apenas três vitórias — contra o Caracas, pela Sul-Americana, e Sport e Santos, pelo Brasileiro —, seis empates e seis derrotas, tendo um aproveitamento de 23,1%. O português deixa o time na zona de rebaixamento do Brasileirão, em 17º lugar, com 28 pontos.

A decisão foi tomada após uma reunião da cúpula de futebol do clube na noite de ontem (28). O anúncio deve ser feito ainda hoje, em um consenso do atual presidente, Alexandre Campello, com Jorge Salgado, que assumirá a presidência a partir de janeiro. Além do treinador, deixam o clube o auxiliar Rui Mota, o preparador físico Miguel Moreira e o analista Igor Dias, todos portugueses.

Agora, a diretoria vai ao mercado em busca de um novo técnico, que chegará a São Januário com a missão de tirar a equipe da zona de rebaixamento do Brasileiro. Zé Ricardo é o favorito para assumir o comando da equipe.

Sá Pinto já vinha muito pressionado desde a derrota para o Ceará e o tropeço para o Defensa y Justicia, da Argentina, que fez o time da Colina dar adeus à Copa Sul-Americana. Depois, ganhou sobrevida com o empate com o Fluminense e a vitória sobre o Peixe no Brasileirão, mas sucumbiu a mais uma má atuação da equipe na derrota para o Furacão.

Sá Pinto foi anunciado pelo Vasco no dia 14 de outubro. Ele foi uma aposta do presidente Alexandre Campello para substituir Ramon Menezes, que teve um bom começo no Campeonato Brasileiro, mas depois viu o time desandar. À época, o mandatário justificou a troca no comando técnico apontando que o time "não estava mais reagindo".

Fonte: UOL Esporte, via SUPER VASCO, 29-12-2020, 10h35 

Relacionados:
Zé Ricardo está disposto a aceitar um possível convite do Vasco
Ricardo Sá Pinto e sua comissão não receberam salários no Vasco
Vasco encerra 2020 sem conseguir sair da zona de rebaixamento

3 comentários:

  1. Será que alguns dos pernetas que jogam no time do Vasco da Gama também serão demitidos?

    ResponderExcluir
  2. Abraham
    O unico culpado dessa situacao chama-se Alexandre Campello. O Vasco tinha o melhor tecnico do Brasil, o Luxa. O cara salvou o Vasco do rebaixamento e, para ficar, pediu apenas alguns reforcos. Em resposta o Campello mandou-o embora e sequer o pagou. Contratou o ex-tecnico Abel. a peso de ouro que quase levou Vasco pra serie B do carioca. Depois trouxe um aprendiz de tecnico, o Ramon Menezes. Quando viu que a vaca ia pro brejo, apelou pro Sa Pinto. Este so cometeu um erro: aceitou o convite. Mas, a possibilidade que tinha de fazer um bom trabalho era infima. Nao conhecia o elenco do Vasco nem os times brasileiros. Ia levar meses para se adaptar. Nao sabia que o time so tem barangas e, ainda por cima, covardes e sem senso de profissionalismo. Querem saber de praia e boa vida. Tem medo de ganhar. Leva sacode de qualquer time valente, mesmo que seja limitado tecnicamente. E' presa facil para A Goianiense, Bragantino, Ceara, Fortaleza, A Paranaense, Coritiba etc. Dos outros nao vale a pena nem falar. O novo tecnico deveria ser o Luxa. Mas, o Vasco lhe deve dinheiro e milhares de desculpas. O Ze Ricardo e' fraco, nao tem lideranca. E o Scolari preferiu dirigir um time da serie B do que vir pro Vasco. Acho que tem razao. A chance do Vasco pemanecer na serie A e' pequena. Com qualquer tecnico. O elecno e' muito RUIIIMM.

    ResponderExcluir
  3. Será que alguns dos pernetas que jogam no time do Vasco da Gama também serão demitidos?
    O especulado novo treinador “Zé Ricardo está disposto a aceitar um possível convite do Vasco. Tem carinho pelo clube. A ideia é fazer um trabalho de médio a longo prazo. Não pensa em vir só para fazer a reta final do Brasileirão.” Isto é, a ele será permitido “fazer um trabalho de médio a longo prazo”. Sei…
    Enquanto a prioridade do possível próximo presidente do clube é “Nova gestão do Vasco projeta inclusão LGBTQI+ e Taça das Favelas no Vasco.”
    Vou dar um tempo. 😞

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-