quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

Quais as melhores escolhas alimentares nas festas de fim de ano

O que lhe faz engordar não é o que você faz entre o Natal e o Réveillon, e sim, o que você faz entre o Réveillon e o Natal

Fernanda Mendonça Dias

Existe uma preocupação exagerada de como se comportar nas festas de fim de ano. O que devo comer? Quanto posso comer? Qual a melhor bebida alcoólica para tomar? O que fazer no dia seguinte? Será que vou engordar?

Essas são algumas das perguntas recorrentes que recebo, principalmente de quem está numa dieta de restrição calórica, e não quer sair da linha nas festas de fim de ano. 

Pensando racionalmente, é muito difícil engordar em uma semana, sendo dois dias de comemoração oficial, Natal e Réveillon. O peso pode subir sim, porque comemos além da conta, e na maioria dos casos, o consumo de bebida alcoólica está presente nos dias das festas. Isso causa nada mais do que retenção hídrica, por isso o peso aumenta. 

O que lhe faz engordar não é o que você faz entre o Natal e o Réveillon, e sim, o que você faz entre o Réveillon e o Natal. Portanto, se ao longo do ano toda a sua alimentação for saudável e nutritiva, não há razões para tanta neura do que se deve comer nessas ocasiões. 

Mesmo diante dessas explicações, ainda assim, existem algumas dicas que posso compartilhar para lhe ajudar a não exagerar demais e se sentir mal com essa atitude. 

Siga sua rotina alimentar e de exercício até o dia do evento. 

Pense em um cardápio que também tenha opções saudáveis, como por exemplo, saladas de entrada ou legumes para acompanhar o prato principal. Petiscos como castanhas, sementes, frutas e queijos são bem vindos. 

Evite beliscar a noite toda, faça um prato e coma o suficiente para ficar satisfeito. 

Se a bebida alcoólica vai fazer parte da comemoração, procure se hidratar ao longo da noite intercalando com água. 

Modere na sobremesa, principalmente se você gosta de tomar uns bons drinks. 

Para quem não curte bebida alcoólica, cuidado com o exagero de bebidas como sucos de caixa e refrigerante, que são muito calóricos e cheios de açúcar. Boa dica é investir em águas aromatizadas com frutas, ervas frescas e especiarias, ou drinks não alcoólicos preparados com Kombucha ou água com gás. 

No dia seguinte, reduza as quantidades de alimentos de todas as refeições e procure se exercitar para movimentar o corpo e facilitar a eliminação dos excessos. 

Tome bastante água ao longo do dia. 

Volte para sua rotina alimentar e vida que segue! 

Título e Texto: Fernanda Mendonça Dias, Diário do Rio, 22-12-2020

Fernanda Mendonça Dias
http://instagram.com/fernandadias.nutricionista
Formada pelo Centro Universitário Newton Paiva - Belo Horizonte, com Pós graduação em Nutrição Esportiva Funcional pelo VP Centro de Nutrição Funcional - Rio de Janeiro. É Nutricionista do BNDES (Nutrendo), Consultoria Nutricional do Programa de Treinamento online Treinando em casa com o Rafa @personalrafamachado, Nutricionista do Projeto Social Avante @projetoavante_ e Nutricionista parceira do N Comidas (marmitas saudáveis e balanceadas) @n.comidas_n.comidas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-