quarta-feira, 10 de março de 2021

Chamar Maracanã de Pelé é um tapa na cara do carioca

Opinião do editor-chefe do DIÁRIO DO RIO, Quintino Gomes Freire, sobre a provável mudança de nome do Maracanã, que homenagearia Pelé


Quintino Gomes Freire

A Alerj aprovou a mudança do nome do Estádio Jornalista Mário Filho para Estádio Edson Arantes do Nascimento – Rei Pelé, mais um sinal da falta do que fazer dos deputados no meio da maior pandemia da história recente. Não há a mínima necessidade de homenagear Pelé, um ídolo ainda vivo.

E mesmo que já tivesse ido para outro plano, o que Pelé fez pelo futebol do Rio de Janeiro? Não quero negar a importância vital dele no esporte, mas se fosse mudar o nome do Estádio Mário Filho, que fosse para Zico, Rivelino, ou vá lá, até Romário. Mas Pelé? Que nunca jogou de forma séria em um time carioca? Que é conhecido por vestir a camisa do Santos? Palhaçada…

E que falta de respeito com o passado, e com o jornalismo esportivo. Mário Filho, considerado o maior jornalista esportivo que o Brasil já teve, e ainda por cima teve como irmão Nelson Rodrigues. Mário transforma o futebol em um esporte popular, ajuda a popularizar o termo Fla-Flu, e ainda foi dono do rosado Jornal dos Sports.

E qual a ligação deste pernambucano com o Maracanã? Toda. Carlos Lacerda e mais um grupo queria o estádio em Jacarepaguá. Coube a Mário Filho capitanear a luta para que fosse no antigo terreno do Derby Club. E, além disso, que deveria ser o maior estádio do mundo.

O Maracanã ter seu nome, do criador de multidões, como dizia seu irmão, é justo, justíssimo. Mais carioca que Mario Filho, talvez só o Cristo Redentor.

O estádio pode não ser mais o mesmo, não ter a geral, não ter a multidão, mas que não se faça essa desfaçatez de homenagear Pelé. Deixe que o Doria mude o nome do Pacaembu, ou qualquer outro estádio. O jornalista Mario Filho agora merecia uma estátua de 15 metros em frente ao seu estádio, pago pela Alerj, como um pedido de desculpas.

Título e Texto: Quintino Gomes Freire, Diário do Rio, 10-3-2021

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-