segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

[Para que servem as borboletas?] Apresentação

Valdemar Habitzreuter, conhecido colaborador na nossa revista, a partir de agora terá os seus textos divulgados nesta coluna.

Arquivo pessoal
Habitzreuter - seu nome de guerra na Varig, onde foi comissário de voo por 30 anos - nasceu em Brusque, SC, aos 29 de dezembro de 1946.

Fez o ginásio e o clássico (antiga nomenclatura para o primeiro e segundo graus) no Seminário SCJ em Corupá, SC; graduou-se em jornalismo na FACHA, RJ; graduou-se em Filosofia na UNIFEBE em Brusque e fez o Mestrado em Filosofia na UFSC.
Obs.: A graduação em Filosofia e o Mestrado foram realizados depois da aposentadoria na VARIG.

Borboletas! O fascínio de suas cores! Expressão de alegria! Mas, além da beleza e colorido, há o aspecto da camuflagem e autodefesa frente a predadores... A vida é isso, quanto mais colorida, mais alegria há em vivê-la. Mas, as ciladas são constantes tentando denegri-la. É imperativo que cada um pinte sua vida de belezas e afaste os predadores e destruidores da vida ética - a salvaguarda do bom convívio e relacionamento. Exaltar a preciosidade da vida é colori-la; denunciar a quem a denegrir é tarefa de todos nós. Esta coluna se propõe a isto: colorir e combater os "pichadores" da vida...


Recentes colaborações:

8 comentários:

  1. Ao Blog, belíssima aquisição, e ao Habitz, obrigado por ilustrar com beleza, esta Revista Virtual!
    Muito bom! Parabéns à ambos!
    Abraço,
    Heitor Volkart

    ResponderExcluir
  2. Se a VARIG tivesse procurado entre os Comissários pessoas para dirigir a empresa, tenho certeza que ela estaria funcionando até hoje. Imaginem Conselheiros ou Diretores como o falecido Kobata (grande financista), Habitzreuter ou outros mais que teriam pilotado a empresa sem perdas, desvios ou fraudes contra os companheiros. Alberto José

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde , e feliz ano novo a todos !
    É bom , começar o ano falando de "cores" . As borboletas são frágeis , bastante coloridas , sentem e vivem a liberdade em cada segundo da breve existência , e ainda conseguem camuflar-se perante predadores.
    Que nossas vidas possam ser análogas aos belos insetos .
    Willkommen bei uns, Abitzreuter.

    Abraços.

    Sidnei Oliveira

    ResponderExcluir
  4. Apenas um adendo:

    Olhando rapidamente a foto no cabeçalho da reportagem , julguei ser o cantor Tony Sheridan ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O colunista é mais belo do que o referido cantor... :)

      Excluir
  5. Será uma tarefa e tanto, combater os pichadores da vida, uma vez que a sociedade, de um modo geral, vive em uma eterna farsa e hipocrisia, haja vista políticos, defensores dos direitos humano (aqueles que somente defendem bandidos) dentre outros grupos; mas vamos continuar tentando. J.Mariscal

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-