terça-feira, 10 de novembro de 2020

Balança comercial tem superávit de US$ 1,55 bilhão

Dados se referem à primeira semana de novembro 


Cristyan Costa 

Os sinais de melhora na economia são visíveis em vários setores. Na primeira semana de novembro, a balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1,55 bilhão. O valor foi alcançado com exportações de US$ 4,463 bilhões e importações de US$ 2,913 bilhões. Houve alta de 25,8% na média diária das exportações na comparação com o mesmo mês do ano passado, com aumento de 27% em agropecuária, puxado pela venda de milho não moído (45,2%), café não torrado (102,7%) e algodão em bruto (97,2%). Os dados foram divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia, na segunda-feira 9. 

Além disso, as exportações na indústria extrativa subiram 56,3% com melhora nas vendas de minério de ferro e seus concentrados (44,8%), minérios de cobre e seus concentrados (312,4%) e óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos, crus (48,2%). Também foi registrado crescimento de 15,7% em produtos da indústria de transformação, sobretudo açúcares e melaços (90,4%); álcoois, fenóis, fenóis-álcoois, e seus derivados halogenados (189,6%); e veículos automóveis de passageiros (48,6%). No acumulado do ano, o saldo comercial é superavitário em US$ 48,977 bilhões, 26,8% a mais do que no mesmo período do ano passado.

Título e Texto: Cristyan Costa, revista Oeste, 10-11-2020, 6h40

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-