quarta-feira, 4 de novembro de 2020

Pepe renova até 2023

Capitão do FC Porto estendeu a ligação aos campeões nacionais até ao final da temporada 2022/23 

Pepe renovou até 2023 o contrato que o vincula ao FC Porto. Képler Laveran Lima Ferreira chegou à cidade Invicta, oriundo do Funchal, no verão de 2004 e aí permaneceu até se transferir para o Real Madrid, três anos depois. Na primeira passagem pelo emblema azul e branco, o defesa mais internacional de sempre pela seleção portuguesa conquistou dois campeonatos, uma Taça de Portugal, uma Supertaça Cândido de Oliveira e uma Taça Intercontinental. 

Em janeiro de 2019 o experiente central regressou a casa, a tempo de juntar novo título nacional e mais uma Taça ao seu recheado palmarés. Eleito para o melhor onze da temporada 2019/20 da Liga NOS, o camisola 3 foi figura de destaque na campanha vitoriosa dos Dragões que culminou com a conquista da dobradinha em agosto passado. Na época transata, Pepe somou mais de três mil minutos de competição às ordens de Sérgio Conceição. Já em 2020/21, o atleta de 37 anos havia sido titular e totalista em todos os encontros até à sexta jornada, tendo inclusive apontado um golo na recepção ao Marítimo, o primeiro clube que representou em Portugal após ser recrutado no Corinthians Alagoano, do Brasil. 

Aos microfones da FC Porto TV e do Porto Canal, o dono da braçadeira dos campeões nacionais mostrou-se grato pela confiança que recebeu da direção e do treinador, que faz com que “possa competir ao mais alto nível com 37 anos”. “Espero continuar a conquistar títulos, é com esse objetivo que me levanto todos os dias” acrescentou Pepe, para quem representar “um clube histórico como o FC Porto” é uma “dádiva”. “Trabalhamos sempre com intuito de poder honrar o FC Porto”, concluiu o experiente central, que não descartou a hipótese de prolongar a carreira para lá dos quarenta anos. 

Por sua vez, Jorge Nuno Pinto da Costa descreveu Pepe como “um homem com H muito grande” que “vive o FC Porto como muitos que nasceram aqui não conseguem”. Na opinião do presidente, o número 3 representa “bem o símbolo e os valores que o FC Porto pretende que todos que o servem tenham”. Tal como Pepe, Pinto da Costa mostrou-se confiante na longevidade e num possível da carreira do atleta: “É um grande prazer renovar contrato contigo e, como o meu mandato é de quatro anos, se calhar ainda vamos voltar aqui”

Pepe

“Desde o primeiro dia em que aqui entrei soube o que é ser portista e representar um clube com esta dimensão a nível mundial. Quero agradecer ao presidente, à direção e ao mister Sérgio Conceição que faz com que sejamos competitivos e com que possa competir ao mais alto nível com 37 anos. Quando cheguei disse-lhe que só queria uma oportunidade para poder competir e lutar por um posto em que pudesse ter níveis de igualdade. Ele disse que se trabalhasse e pedisse o que a equipa pede, era mais um para ajudar. Estou aqui para ajudar mais dois anos e dar o meu grão de areia para levar o clube cada vez mais longe. E para que, no final, possamos festejar títulos. É por isso que me levanto todos os dias, para somar mais títulos num clube tão grande como o FC Porto. Espero continuar a conquistar títulos, é com esse objetivo que me levanto todos os dias. Todos nós quando representamos um clube histórico como o FC Porto temos de sentir a dádiva de poder estar num clube que nos proporciona e nos dá tudo o que precisamos para jogar futebol. Somos abençoados e trabalhamos com esse objetivo, trabalhamos duro, muito duro, para isso. Para no final estarmos felizes, com sentimento de dever cumprido, com taças e títulos. É o que nos alimenta. A idade é só um número, o que vale é o meu rendimento e capacidade em campo e nos treinos. Vocês só veem o jogo, não o trabalho diário, que é o que faz com que cheguemos ao jogo com capacidade. Tenho a felicidade de ter bons treinadores, bons profissionais, que cuidam da alimentação, do descanso, por isso estou num grande clube como o FC Porto. Até aos 40 e quem sabe possa ir até aos 42. Trabalhamos sempre com intuito de poder honrar o FC Porto. Trabalhamos com seriedade e rigor, que é o que esta casa exige.” 

Jorge Nuno Pinto da Costa

“É a primeira das muitas renovações que pretendemos fazer. Fizemos questão de começar por ele, não só por ser o capitão, mas porque, para além do grande atleta que é, é um homem com H muito grande. Vive o FC Porto como muitos que aqui nasceram não conseguem. É uma homenagem, por isso fizemos questão de ter aqui os troféus que ele ajudou a conquistar no FC Porto. Teremos, certamente, espaço para colocar os que ainda há de vencer conosco. No ano passado, fruto do grande trabalho do Sérgio Conceição e dos jogadores, conseguimos o que não alcançávamos há onze anos: a dobradinha. Representas bem o símbolo e os valores que o FC Porto pretende que todos que o servem tenham. Não me esqueço que, quando regressaste, regressaste por paixão. Tinhas contratos oferecidos por clubes de topo mundial, mas sempre quiseste o FC Porto. Hoje retribuo dizendo que é o Pepe que nós queremos. É um grande prazer renovar contrato contigo e, como o meu mandato é de quatro anos, se calhar ainda vamos voltar aqui”.

Título, Imagens e Texto: FC Porto, 4-11-2020, 16h55

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-