quarta-feira, 17 de março de 2021

Alguns ministros querem transformar STF em partido político, afirma deputado

Sem citar nomes, José Medeiros disse que alguns magistrados do tribunal acreditam que podem interpretar a lei 'a seu bel-prazer'

Afonso Marangoni

O deputado José Medeiros (Podemos-MT) [foto] afirmou nesta quarta-feira, 17, a Oeste que alguns ministros do Supremo Tribunal Federal se acham acima da lei e querem transformar a Corte em partido político para interferir nas eleições de 2022.

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Sem citar nomes, ele disse que alguns magistrados do tribunal acreditam que podem interpretar a lei “a seu bel-prazer”. “Isso é um fio desencapado, e minha preocupação é que fios desencapados costumam dar curto-circuito.”

“Quando você tem um Supremo em que alguns ministros se acham acima da lei, com licença para interpretar a lei a seu bel-prazer, e que querem transformar o Supremo em um partido político para ter interferência direta nas eleições em 2022, isso é um fio desencapado, e minha preocupação é que fios desencapados costumam dar curto-circuito”, destacou o parlamentar.

Título e Texto: Afonso Marangoni, revista Oeste, 17-3-2021, 15h35

Um comentário:

  1. Percebam. Sem citar nomes (sem dar nome aos bois e cavalos) José Merdeiros, desculpem, Medeiros... MEDEIROS, do Podemos (mas ainda não fizemos), do MT, ou do (Matar Todos) em face, ainda de ser MT, ou (Muito Trabalhoso), o engraçadinho da foto acima, acha 'que alguns mipiniconistro querem transformar a Corte (ou corte??!!) num partido político'. Qual seria este parido -, perdão -, partido? Mer, não, Medeiros acha mais. Que alguns 'MAUGISTRADOS' podem interpretar a lei a seu bel prazer. Eu, particularmente, como cidadã, não acho. Tenho certeza. Aliás, a pandemia 'Corteana' está bastante clara e cristalina. Concisa até demais para se achar Não estamos no tempo de achar, mas de mostrar. Entretanto, para mostrar,evidentemente, precisa-se ter coragem. Eu acho... Não, eu tenho...
    Carina
    Ca
    Lagoa, Rio de Janeiro

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-