quinta-feira, 26 de agosto de 2021

O “coffice” e o caos no trabalho

Diariamente, às 16 horas, os cafés do centro de Madri transbordam de funcionários fartos de trabalhar à distância após um ano de pandemia. É o coffice — fusão de café e escritório.

Os funcionários não querem viver como ermitões sem vocação em seus apartamentos, e se sentem melhor num bar do que na própria casa. Mas os chefes dos funcionários são instigados por desconfianças, quando ouvem nas comunicações o ruído de bar.

As clínicas se enchem de vítimas de psicopatias ligadas ao lockdown, os lares ficam inabitáveis, as empresas se desorganizam, bares e restaurantes perdem o sentido; e, muitíssimo pior, as igrejas se esvaziam, não se ministrando sacramentos nem celebrando Missas.

Título e Texto: ABIM, 26-8-2021

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-