sexta-feira, 20 de agosto de 2021

Bolsonaro decide vetar integralmente ‘fundão’ de R$ 5,7 bilhões

Decisão foi sacramentada depois de reunião com ministros; veto deve ser publicado até o fim do dia no Diário Oficial

Fábio Matos

O presidente Jair Bolsonaro bateu o martelo nesta sexta-feira, 20, e decidiu vetar integralmente o artigo da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) aprovado pelo Congresso Nacional que determinava o aumento do chamado “fundão” eleitoral dos atuais R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões.

Foto: Marcos Corrêa/PR

O veto deve ser publicado ainda hoje, até o fim do dia, em edição extra do Diário Oficial da União.

A decisão de Bolsonaro foi sacramentada depois de uma reunião com os ministros da Casa Civil, Ciro Nogueira; da Economia, Paulo Guedes; e da Secretaria de Governo, Flávia Arruda.

O novo valor do “fundão” será definido na votação do Orçamento Geral da União. A equipe econômica do governo defende a correção pela inflação do valor estipulado para as eleições de 2018.

Título e Texto: Fábio Matos, revista OESTE, 20-8-2021, 13h05

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-