quinta-feira, 9 de dezembro de 2021

Endividada, editora que publica a Istoé leiloa prédio

Empresa está em recuperação judicial e tem de pagar R$ 264 milhões a credores

Cristyan Costa


Responsável por publicar as revistas IstoéDinheiroRuralMenuPlaneta e Gente, a Editora Três vai fazer um leilão para vender seu prédio industrial localizado em Cajamar, na capital paulista. A empresa está em recuperação judicial.

Conforme o edital divulgado pela editora, o certame será realizado em 13 de dezembro deste ano, às 10h. O valor inicial é de R$ 40 milhões. Os interessados podem fazer lances por meio do site da companhia responsável pelo leilão.

O terreno a ser vendido tem área total de 130 mil metros quadrados e conta com galpão industrial, cabine primária, portaria, almoxarifado e caixa d’água elevada, informa o anúncio publicitário na internet.

A negociação do ativo é parte do processo de recuperação judicial da Editora Três, em agonia desde 2020. A empresa acumula dívidas que chegam a R$ 264 milhões. As revistas do grupo tiveram queda de circulação e de anunciantes.

O tombo da velha mídia

A Editora Três não é a única a vende ativos para sobreviver. Conforme noticiou a Revista Oeste, a Editora Abril firmou um negócio com a Marabrás e vendeu sua sede histórica, na Marginal do Tietê, por cerca de R$ 120 milhões.

Com dívida bilionária, a Abril foi vendida em 2019. A empresa vem registrando queda em número de assinantes, sobretudo de seu carro chefe, a revista Veja, hoje com tiragem de 260 mil exemplares (em 2014, era de 1,2 milhão).

A crise se estende a outros grupos de mídia da imprensa tradicional. A revista Época, da editora Globo, lançava 380 mil exemplares. Hoje, esse número se resumiu a menos de 90 mil.

Título e Texto: Cristyan Costa, revista OESTE, 9-12-2021, 12h40

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-