domingo, 19 de dezembro de 2021

[As danações de Carina] Um dia como outro qualquer...

Carina Bratt

O NATAL não me contempla com boas recordações. Muitas coisas que me deixaram triste e magoada, pra baixo, e sem vontade de seguir em frente, aconteceram em natais passados. Por isso, nesse ano, não vou escrever nada sobre. O meu nada será tudo, assim como meu tudo, nada será. Apenas vim até aqui para deixar para todas vocês, minhas caras amigas e leitoras de todos os domingos, um poema simples e singelo, bucólico e agreste, escrito por Cora Coralina. Diz assim:

‘Enfeite a árvore de sua vida 
com guirlandas de gratidão! 
Coloque no coração laços de cetim rosa, 
amarelo, azul, carmim,
Decore seu olhar com luzes brilhantes
estendendo as cores
em seu semblante 

Em sua lista de presentes 
em cada caixinha embrulhe 
um pedacinho de amor, 
carinho, 
ternura, 
reconciliação, 
perdão. 

Tem presente de montão 
no estoque do nosso coração 
e não custa um tortão! 
A hora é agora! 
Enfeite seu interior! 
Sejas diferente! 
Sejas reluzente!.’ 

Às minhas amigas e leitoras, antecipadamente, um FELIZ 25 DE DEZEMBRO cheio de alegrias e repleto de prosperidades e PAZ.

Título e Texto: Carina Bratt. De São Paulo, Capital. 19-12-2021

Anteriores: 
Tudo não passa de vaidade. O essencial é invisível aos olhos 
Pelo simples motivo de existir 
Receber alguém em nossa casa é, sobretudo, uma arte antiga 
Tintas invisíveis num cotidiano sem talvez 
A lucidez perigosa 
Roteirinho básico para uma crônica sem sentido 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-