sábado, 11 de dezembro de 2021

Muçulmano apunhalou parlamentar católico

O legislador britânico Sir David Amess [foto], de 69 anos, militante contrário ao aborto, morreu após ser esfaqueado várias vezes durante uma reunião pública em Leigh-on-Sea (Inglaterra).

O assassino, Ali Harbi Ali, que estava indiciado por preparação de atos terroristas, disse estar ligado ao Estado Islâmico.

Amess era casado e deixou uma família com cinco filhos. Há uma afinidade profunda entre os militantes da ‘cultura da morte’, os inimigos da família bem constituída e os terroristas islâmicos.

Título, Imagem e Texto: ABIM, 11-12-2021

Relacionado: 
Sir David Amess: Conservative MP stabbed to death

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-