segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

FC Porto invicto, seis pontos a mais do que o segundo colocado

FC Porto bateu o Famalicão por 3-1 no Estádio do Dragão na 19ª jornada da Liga

No sábado, o segundo classificado, Sporting Club de Portugal, foi batido pelo SC Braga por duas bolas a uma.

Ontem, domingo, depois do minuto de silêncio respeitado em todo o Estádio do Dragão antes do apito inicial, não haveria melhor homenagem a um símbolo do FC Porto como é e será sempre Lima Pereira do que uma vitória azul e branca.

O triunfo portista começou a ser construído ao 25º minuto curiosamente pelo 25 do FC Porto, Otávio. Fábio Vieira bateu o pontapé de canto à esquerda para a entrada da área e o capitão portista rematou de primeira, batendo Júnior pela primeira vez na partida.

O segundo golo poderia ter chegado dois minutos depois quando Fábio Vieira, à esquerda, colocou a bola atrasada para Luis Díaz que, no coração da área, atirou por cima da baliza famalicense.


O domínio portista era notório e, se aos 36 minutos Evanílson não conseguiu finalizar diante do guardião adversário depois de conduzir irrepreensivelmente o esférico até à pequena área, aos 37 Luis Díaz rubricou o seu nome na lista dos marcadores da partida: Otávio, a viver uma noite inspirada, isolou o colombiano que, no cara a cara com Júnior, não perdoou como é seu costume.

O Famalicão entrou mais destemido na etapa complementar, mas o único susto vivido pelas bancadas do Dragão foi aos 67 minutos quando Fábio Cardoso caiu desamparado após um choque de cabeças, mas, após ser prontamente assistido, o central voltou a jogo pelo próprio pé.

O recém-entrado Mehdi Taremi mexeu com o jogo e, depois de ter falhado a finalização aos 73 minutos, foi derrubado na jogada seguinte dentro da grande área e converteu a grande penalidade prontamente assinalada por Rui Costa.

Até ao final do encontro, houve a registrar a expulsão de Uribe por uma entrada dura sobre um adversário e o golo de honra do Famalicão já em tempo de compensação.

Ok, tudo muito lindo, mas ainda faltam quinze rodadas (jogos). Tudo pode acontecer, inclusive nada. Aí, o FC Porto será campeão.

Todavia, o futebol é um jogo onde entram a Sorte e o Azar. Que me desculpem os catedráticos do futebol, mas, nem sempre o melhor time vence. Quantas vezes isso acontece!

Quantas vezes acontece num jogo de futebol o time A com 99% de posse de bola, 27 chutes à rede adversária, perde para o adversário que chutou SÓ DUAS vezes e… marcou!?

Quem não lembra do pênalti falhado de Roberto Baggio contra a seleção brasileira que deu a esta a Copa do Mundo??

Quantos outros exemplos!!

Por tudo isso, o Futebol Clube do Porto tem o dever de vencer os próximos quinze jogos, se quer ser Campeão! 

Um desses jogos será contra o Sporting, 11 de janeiro, 20h30.

Título: JP; Texto: JP e FC Porto, 23-1-2022

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-