domingo, 6 de fevereiro de 2022

Decidir e não falhar


1
– Antes de tomar uma decisão, pergunte-se…

·         O timing é o ideal?

·         Sinto-me plenamente autoconsciente do que quero?

·         Estou focado e a minha visão do problema é clara?

·         O meu estado psicológico e emocional está equilibrado?

·         Esta decisão contribui para o meu maior propósito?

·         Esta decisão foi tomada em sintonia com a minha verdade?

·         Vai contribuir para o meu crescimento pessoal ou melhoria da minha vida?

·         Vai prejudicar a vida de alguém?

2 – Durante a tomada de decisão…

·         Esteja aberto à possibilidade de mudar o sentido da decisão, caso as circunstâncias se alterem ou se a sua intuição lhe der alertas contrários.

·         Esteja atento a opções alternativas e avalie-as.

·         Se se sentir desconfortável ou doente questione a decisão.

·         Tome consciência das mudanças que a decisão está a gerar.

·         Esteja 100% comprometido com o processo.

·         Não viva na dúvida permanente sobre o resultado da decisão.

·         Se necessário, procure ajuda especializada para garantir que a decisão está sendo implementada da forma mais indicada

3 – Depois de tomar a decisão

·         Assuma a responsabilidade pessoal pelos resultados, sem se culpar e sem culpar os outros ou as circunstâncias.

·         Anaise e compare o nível de ansiedade sentido apo´s a tomda de decisão com o nível de ansiedade prévio à decisão.

·         Reconfirme a decisão tomada – follow-up e consolidação daquilo que decidiu.

·         Agradeça à decisão o que lhe ensinou.

·         Esteja aberto para tomar novas decisões que ampliem o efeito da decisão inicial ou que corrijam alguns pontos onde a mesma possa ser melhorada.

·         Anule a culpa ou medo relativamente a resultados.

Fonte: prevenir.pt 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-