domingo, 8 de novembro de 2020

Polícia Civil indicia Felipe Neto por corrupção de menores

‘Youtuber’ nega que tenha cometido irregularidades

Cristyan Costa 

A Polícia Civil do Rio de Janeiro indiciou o youtuber Felipe Neto por corrupção de menores. A decisão foi dada na quinta-feira 5. Neto é acusado de divulgar material impróprio para crianças e adolescentes em seu canal no YouTube. 

Entre outros pontos, a denúncia garante que Neto não limita a classificação etária dos vídeos com conteúdo e linguajar inapropriado para menores. 

No Twitter, o influenciador digital publicou que “prestou todos os esclarecimentos necessários, porém o delegado de polícia, sem tomar nenhum depoimento ou realizar qualquer investigação, decidiu indiciá-lo”.  

O crime de corrupção de menores está previsto no Código Penal: “Corromper ou facilitar a corrupção de menor de 18 anos, com ele praticando infração penal ou induzindo-o a praticá-la”. 

A pena é reclusão de um a quatro anos, em caso de condenação. 

Título, Imagem e Texto: Cristyan Costa, revista Oeste, 7-11-2020, 18h

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-