sábado, 18 de junho de 2022

[Pernoitar, comer e beber fora] La Maison de Verlaine


Quando voava, fui lá umas três ou quatro vezes, ao longo dos trinta e dois anos…

Quase outros trinta e dois anos depois, lá voltei. A parte de baixo, a cave, está fechada.

O restaurante foi a morada onde Paul Verlaine faleceu em 8 de janeiro de 1896. Ernest Hemingway lá residiu. Fica na Rue Descartes.

Os nossos pedidos:

Ø  Carpaccio de saumon mariné à l’aneth et ses copeaux d’avocat

Ø  12 escargots de Bourgogne en persillade

Ø  La belle salade périgourdine

Ø  Dos de cabillaud sauce normande 

Ø  Pavé de rumsteack aux poivres rares

Ø  Filet de saumon à la plancha, crème au basilic

O salmão – não, não era um “filet”, mas uma posta sem a pele – estava muito bom!

HT e LT gostaram dos seus pedidos.

O gentil dono atual, grego, comprou a casa em 1993. E nos ofereceu um autógrafo:

Meu querido e generoso leitor, me permita um apontamento:
Sabe? não creio que o atual proprietário tenha lido Paul Verlaine… não creio que ele tenha lido sobre o passado desta rua que, olha só, tem o nome de Descartes. Uma rua que, dependendo do ângulo, pode ser o início ou a continuação da Rue Mouffetard… rua onde num indeterminado “studio’, um tal de Toulouse-Lautrec, chegado de Montmartre, vinha afogar as mágoas e outra coisa (se e quando o absinto deixava) cujo pudor, meu, não dele, me impede de nomear…

Mas não é só em Paris que restaurantes franceses, de culinária francesa e ligados à História (e histórias e mofo) da França são tidos e mantidos (e atendidos) por cidadãos (lindos e maravilhosos) oriundos de outros países que, insisto, não acredito que conheçam a História da França. 

Não é só na França.

Anteriores: 
“Retiro do Capitanga” é bem retirado 
Anna Ristorante – Italiano Chique com pratos a partir de R$ 49 
O cheeseburger do Madero 
Bobó de camarão 
“Dogão” gigante: cachorro-quente de 1 kg é sucesso em Osasco (SP) 
[Pernoitar, comer e beber fora] Convite 
Bolo Rainha da Capuchinha

4 comentários:

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-