quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

[Atualidade em xeque] O inferno de Dante

José Manuel

Recentemente publiquei um artigo sobre dois personagens dignos de Dante Alighieri em sua obra A Divina Comédia na sua visita ao inferno. Foi no dia 9 de janeiro e pasmem, apenas dois dias depois dessa publicação e poucos dias após  o reconhecimento da nova administração pelo senado americano, eis que surge o terceiro personagem de um grupo  seleto de cinco companheiros de filosofia.

Kim Jong-un da Coreia do Norte chega com pompa e circunstância, se junta a Maduro da Venezuela e Xi Jinping da China declarando solenemente que:

"Seja quem for o novo presidente, os Estados Unidos são e serão sempre os maiores inimigos da Coreia do Norte".

Agora só faltam as declarações do Irã e da Turquia para que o planeta terra finalmente permaneça em ordem, paz e bem.

Saindo da Asia, Oriente Médio, Europa e retornando à América do Sul, será mesmo que o ditador venezuelano tem intenção de anexar dois terços da ex-colônia Britânica, a República da Guiana?

A impressão que dá é de que ele está querendo testar e ver como o Brasil reagiria a uma invasão do país amigo. Por este prisma, seria aconselhável o Itamaraty ficar de prontidão para que o Brasil não caia nessa claríssima cilada.

Por outro  lado, será  que ele  sabe que a Guiana tem como idioma  oficial  o Inglês  e que os oficiais  da GDF (Guyana Defense Force)  são  formados  em academias britânicas como a Royal Military Academy Sandhurst (treinamento de infantaria) e Britannia Royal Naval College (treinamento  da Guarda  Costeira)?

Será que ele sabe que cadetes Guianenses são formados pela AMAN e que o Presidente da Guiana, General de Brigada David Granger é guerreiro de selva formado em 1969 pelo centro de instrução de guerra na selva, (CIGS), em Manaus?

Será que ele tem conhecimento do movimento para anexar parte do território Guianense à Venezuela em 1969 sendo rechaçado em três dias com cem mortos no currículo?

Será que ele conhece a história das Falklands em 1982 com uma derrota humilhante para a Argentina? Isso me lembra muito Galtieri e sua idiotice, que para distrair o povo foi arrumar uma guerrinha com o vizinho inglês. Aliás, ele tinha duas opções, o Chile ou as Malvinas/Falklands. Optou pelo errado!

Gostaria de ver o ditador bolivariano fazer o que declarou, até ao dia 20/1 ao meio-dia. Depois, não tem graça! Acho que alguém tem que dar um toque nele, dizer que vai entrar numa fria e que o Dante vai estar esperando por ele nas portas do inferno!

Agora, depois de uma incerta ainda posse, talvez a bola da vez seja o Brasil e vamos aguardar em que idioma virá a mais nova ameaça.

No momento em que escrevo este texto, acaba de chegar! E em francês. Macron acaba de dizer que vai plantar soja pra quebrar o Brasil! Seria melhor cuidar da sua saúde pois está infectado e esquecer essas bobagens de garoto mimado.

Quanto ao "bigodon" é ver pra crer e merece, pelo caráter bizarro das intenções carnavalescas do ditador, uma rodada de apostas.

Título e Texto: José Manuel, 14-1-2021

Anteriores:
Nuances geopolíticas
O silêncio das legiões
Coincidências hipersônicas
A conta vai chegar
Correios & Telegraphos
Salto alto
Carnaval macabro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-