quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Augusto Nunes: Continuam se arrastando no Congresso as reformas tributária e administrativa

Em 2022, ano eleitoral, Augusto Nunes destaca que o ano legislativo terminará em junho, já que deputados e senadores entram em campanha no Brasil a partir das festas juninas. O colunista pontua ainda que, mesmo nesses seis meses, os parlamentares vão evitar votar medidas importantes para o país, mas eleitoralmente perigosas, como as reformas. Dessa forma, as reformas tributária e administrativa devem se arrastar por mais tempo e Brasília. "O eleitorado deveria ser muito mais rigoroso na escolha de gente que diz representar o povo brasileiro", finaliza. Assista ao comentário.

Jornal da Record

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-