sexta-feira, 16 de dezembro de 2022

Pilotos e comissários aprovam greve a partir de segunda-feira

Paralisação está prevista para ocorrer das 6h às 8h, nos aeroportos de Congonhas, Guarulhos, Rio-Galeão, Santos Dumont, Viracopos, Porto Alegre, Brasília, Confins e Fortaleza

Foto: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo

Pilotos e comissários aprovaram, nesta quinta-feira, 15, a realização de uma greve geral a partir de segunda-feira 19. A informação foi confirmada pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA).

A paralisação está prevista para ocorrer das 6 horas às 8 horas, nos aeroportos de Congonhas, Guarulhos, Rio-Galeão, Santos Dumont, Viracopos, Porto Alegre, Brasília, Confins e Fortaleza, por prazo indeterminado. As decolagens com órgãos para transplante, doentes a bordo e vacinas seguirão normalmente.

Em nota, o SNA informa que a categoria quer “a recomposição das perdas inflacionárias e um ganho real nos salários, de maneira a compensar as perdas ‘de quase 10%’ nos dois anos de pandemia”.

O sindicato alega que “esses pleitos estão baseados nos altos preços das passagens aéreas, que têm gerado crescentes lucros para as empresas”. Também reclama do fato de as companhias aéreas terem reduzido “o custo de folha de pagamento em mais de 30%, se comparado com os demais custos”.

Segundo o presidente da SNA, Henrique Hacklaender, “as empresas estão com os preços das passagens no mais alto patamar dos últimos 20 anos e estão financeiramente melhores que antes da pandemia”. Ele disse ainda que “é justo e razoável que os tripulantes tenham a garantia de que os horários de suas folgas serão respeitados”.

A Latam informou que está em negociação com o SNA desde o início de setembro.

Título e Texto: Redação, Revista Oeste, 15-12-2022, 21h02

3 comentários:

  1. Reivindicação justa que pode ser considerada ato antidemocrático. Não demora muito para o superministro determinar que os aviões voem por controle remoto.

    ResponderExcluir
  2. Os atendentes de voo são os mais vilipendiados do sistema salarial das empresas aérea. Os funcionários de manutenção ganham até mais que eles. Brasil afora os comandantes ganham um média de 25 mil dólares por mês, mais horas de voo, mais diárias e horas extras. muitos dos que voam em Dubai, tem contratos de 5 ou 10 anos até o limite de 65 anos por vezes renováveis para quem não atingiu a idade. Hoje em dia um curso de piloto chega a custar mais de 1 milhão de reais.

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-