quinta-feira, 22 de dezembro de 2022

Operação na Avenida Princesa Isabel aborda 21 suspeitos, todos com antecedentes criminais; 3 são levados à delegacia

Ação, realizada nesta quinta (22/12), acontece dois dias após denúncia do DIÁRIO DO RIO sobre problemas que ocorrem na divisa entre Copacabana e Leme

Na manhã desta quinta-feira (22/12), a Avenida Princesa Isabel, que divide os bairros de Copacabana e Leme, recebeu mais uma operação integrada de órgãos do Governo do Rio de Janeiro, entre eles policiais do 19º BPM, da Operação Copacabana Presente e da Superintendência da Zona Sul (Segov). Ao todo, 21 pessoas foram abordadas, todas elas com antecedentes criminais – uma em específico tinha 17 anotações.

A ação, ocorrida em função de uma denúncia do DIÁRIO DO RIO na última terça (20/12), teve como objetivo reprimir moradores em situação de rua que abordam motoristas parados nos sinais, consumo de drogas livremente e combate a delitos praticados por marginais na região.

”Nosso intuito é intensificar cada vez mais as operações para que moradores, trabalhadores e turistas possam transitar com segurança pelas ruas de Copacabana e do Leme. A finalidade é proteger o cidadão e seus bens, coibindo o uso de drogas ilícitas, os furtos e delitos em geral”, declarou Marcelo Maywald, superintendente da Zona Sul.

Vale ressaltar que três meliantes foram encaminhados para a 12ª DP, por posse de armas brancas e objetos perfurocortantes. Outro ponto importante a se destacar é que a bandeira do Brasil hasteada atrás da estátua da Princesa Isabel, junto à Avenida Atlântica, foi trocada por uma nova.

Dezembro de ações policiais em Copa

Um dos bairros mais famosos e turísticos do Rio, Copacabana tem sido cenário frequente de operações de combate ao crime organizado. No dia 15/12, uma operação abordou 22 pessoas na região, todas também com antecedentescriminais.

Cerca de uma semana antes, em 7/12, outra ação do Governo do Estado interpelou 26 suspeitos, a maioria delescom passagens pela polícia.

O mesmo tipo de operação também aconteceu no dia 2/12, quando 35 pessoas foram abordadas e constatou-se que grande parte delastinha antecedentes criminais.

Título, Imagens e Texto: Redação, Diário do Rio, 22-12-2022 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-