quinta-feira, 15 de dezembro de 2022

Operação policial aborda 22 pessoas em Copacabana e todas possuem antecedentes criminais

Ação contínua contra crack e delitos na zona sul interpela suspeitos

Copacabana recebeu na manhã desta quinta-feira (15), mais uma operação integrada ente os órgãos do Governo do Estado do RJ. Policiais do 19º BPM, do BPTUR, do Copacabana Presente e a equipe da Superintendência da Zona Sul (SEGOV), abordaram 22 pessoas e todas possuíam antecedentes criminais.

O objetivo é reprimir o consumo de crack e os delitos praticados por marginais em Copacabana. Durante a operação, foi constatado que todos tinham passagem pela polícia e os agentes tiveram acesso aos relatórios dos crimes cometidos. Dentre eles, furto, roubo, agressão, desacato, Lei Maria da Penha, porte e tráfico de drogas.

“Estamos zelando pela segurança dos que trafegam por Copacabana, com a finalidade de proteger o cidadão, a sociedade, os bens públicos e privados, coibindo o consumo de drogas ilícitas, furtos e delitos em geral “, declarou Marcelo Maywald, superintendente da Zona Sul.

A operação foi realizada nos Túneis Major Rubens Vaz e Sá Freire Alvim, na Av. Nossa Senhora de Copacabana, na Rua Barata Ribeiro, Praças Serzedelo Corrêa, Edmundo Bitencourt e do Lido, além de outros pontos do bairro.

Participaram da operação, o comandante Cel. Antônio Ludogero e o subcomandante Cel. Marcos Paulo, ambos do 19º BPM, o Cel. Robson do BPTUR, o Capitão Rosemberg, que comandou a equipe do Copacabana Presente e Marcelo Maywald, Superintendente da Zona Sul – SEGOV.

Título e Texto: Redação, Diário do Rio, 15-12-2022

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-