sexta-feira, 16 de dezembro de 2022

Aperto na Saúde, mas Carnaval garantido: Escolas de samba recebem R$ 25,8 milhões da Prefeitura do Rio

Três contempladas com R$ 2,15 mi abriram a quadra para a campanha eleitoral do secretário de Saúde e de Lula, além das que apoiam viés ideológicos do prefeito

Amanda Raiter

Enquanto a Saúde carioca fica com R$ 600 milhões a menos no caixa, a Prefeitura do Rio anuncia destino de R$ 25,8 mi a 12 escolas de samba do grupo especial, sendo que cada uma, receberá R$ 2,15 milhões igualmente. A cidade foi uma das afetadas com o corte nos repasses do Governo Federal para o orçamento de 2023, segundo a assessoria de imprensa, o que representou uma diferença de R$ 1 bilhão só para o município. Para compensar, o prefeito Eduardo Paes teria tirado dos cofres municipais cerca de R$ 400 milhões. A expectativa da Secretaria de Saúde é que, com a PEC da transição, o orçamento possa ser recomposto.

Carnaval Rio 2019 - Paraíso do Tuiuti. Foto: Gabriel Nascimento/Riotur

Segundo o vereador Pedro Duarte (NOVO), a quantidade seria quatro vezes maior a destinada em 2019, ano do prefeito antecessor Marcelo Crivella e em um período que o país não sofria com a pandemia de covid-19. “Paes endivida o Rio para as próximas décadas alegando que falta verba para o transporte, mas, ao mesmo tempo, continua aumentando o dinheiro para escolas de samba. Serão R$ 2,1 milhões por escola, incluindo algumas de outras cidades”, alerta Duarte.

Na lista de contempladas, entram a Paraíso do Tuiuti, que tem em sua história um acidente com carro alegórico onde cerca de 20 pessoas ficaram prensadas na SapucaíVila Isabel, Imperatriz Leopoldinense, Salgueiro, Mangueira e as de fora da cidade como Grande Rio, de Duque de Caxias e escola que teria cedido espaço para o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, durante a candidatura a deputado federal na eleição deste ano; Beija-Flor de Nilópolis, também na Baixada Fluminense e a Viradouro, de Niterói.

Unidos da Tijuca foi outra que esteve que abriu as portas para a campanha presidencial de Lula, parceiro político do prefeito do Rio e recebe a quantia. Assim como Portela, a do coração de Paes e que recebeu o petista no primeiro turno. Império Serrano e Mocidade também estão na lista.

Escolas que costumam trazer viés político em prol de aliados do Paes também serão agraciadas com o abono, inclusive, uma delas é a Beija-Flor que anunciou há um mês a ala “Comunismo: Ameaça Vermelha”, que ironizará o discurso da Direita que elegeu Jair Bolsonaro em 2018 e outras passagens da história como ascensão de Getúlio Vargas e o Golpe Militar de 1964.

Em nota, a Prefeitura do Rio alega que “Carnaval voltou a ser tratado como a principal manifestação cultural do Brasil perante o mundo e também como um dos propulsores da economia da cidade. Levantamento divulgado pelo município, em fevereiro, mostrou que o Carnaval movimenta R$ 4 bilhões na capital e somente esse número seria suficiente para justificar qualquer investimento feito pelo município. Mas, além disso, o Carnaval fomenta uma indústria de 43 mil trabalhadores, distribuídos por 75 diferentes ocupações, nas escolas de samba e blocos de rua”.

Recentemente, a Prefeitura recorreu a um empréstimo de US$ 135,2 milhões obtido junto ao Banco Mundial que seria para impulsionar grandes investimentos no Rio. Sustentabilidade da cidade e sistema do Bus Rapid Transit (BRT) são dois dos itens que devem receber os recursos estrangeiros. O órgão ainda rebate que o destino da verba não tem a ver com apoio de algumas das escolas a interesses políticos de Paes.

De acordo com dados da Prefeitura do Rio, o carnaval da cidade movimenta R$ 4 bilhões por ano, sendo que a cada R$ 1 investido pelo órgão representa uma movimentação na economia da cidade de R$ 6, seja em renda direta ou indireta.

Título e Texto: Amanda Raiter, Diário do Rio, 15-12-2022

Um comentário:

  1. Carnaval, putaria, sacanagem, dá dinheiro. Saúde, despesas.
    Aparecido Raimundo de Souza
    da lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-