sexta-feira, 27 de julho de 2012

Antigo presidente da Petrobras entra na administração da Galp + Comentários


Esta matéria é do Jornal de Negócios

Já há confirmação oficial: Luís Palha da Silva é o novo vice-presidente executivo da Galp Energia. Palha da Silva passa a ser o número dois da petrolífera, a responder a Ferreira de Oliveira. Já Filipe Crisóstomo Silva, presidente da unidade do Deutsche Bank em Portugal, assume a administração financeira da Galp Energia.

Entre os novos administradores, mas sem funções executivas, também estão o antigo CEO da Petrobras, Sergio Gabrielli de Azevedo (na foto), e o antigo ministro das Finanças de Moçambique, Abdul Magid Osman.

Gabrielli de Azevedo foi até Fevereiro deste ano o presidente executivo da brasileira Petrobras, concorrente da petrolífera nacional. Actualmente, segundo o comunicado da Galp enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), é secretário do Planeamento do Governo do Estado da Bahia, no Brasil.

Outro nome a entrar na administração da Galp Energia é o de Abdul Magid Osman. Parte da carreira foi feita no governo moçambicano, onde exerceu as funções de ministro das Finanças, ministro dos Recursos Minerais e secretário de Estado do Carvão e Hidrocarbonetos. É agora, segundo o documento, presidente do conselho de administração da Épsilon Investimento e presidente do conselho de administração e da comissão Executiva de Tchuma - Cooperativa de Crédito e de Poupança.
()

Leu a matéria? Viu os comentários?
Eu relembro:

Anonimo [Leitor não registado]  27 Julho 2012 - 11:15
Galp= tacho
Uma empresa portuguesa com a responsabilidade que tem, onde todos entram por cunhas... uma vergonha!!
Um antigo bancario é realmente a pessoa mais adequada para gerir uma petrolifera... ridiculo.

Sinta, amável leitor, a consequência da inveja (ideológica): primeiro, a empresa é privada, entra quem ela quiser – até o ex-presidente da Petrobras (!?) (aqui, sim, considero uma boquinha porque além do nomeado ser do PT, a sua sucessora, pelo que sei, lamentou a gestão ruinosa deste nomeado); segundo, o “bancário” vai assumir a gestão... financeira…

fernando [Leitor não registado]  26 Julho 2012 - 21:26
mamar
Isto é que é uma festa, é só mamar, saiem de umas, entram noutras, são bois dos partidos mas não vão para as arenas, vão direto aos mangedouros...

Quem saíu do(s) partido(s)? Talvez esteja se referindo a Carlos Costa Pina, antigo secretário de Estado do Tesouro de José Sócrates.

Anonimo [Leitor não registado]  26 Julho 2012 - 21:00
Galp- Plag
Isto é que é uma coutada.É só Mamar á conta do ZÉ Portuga. GALP - Grandes Amigalhaços da Lingua Portuga (por sinal já muito Avacalhada com o dito cujo Acordo Orógráfico(??).

Aqui, é tão grande a bebedeira, que o recalcado até trás à baila o Acordo Ortográfico…
Talvez, agora, o meu generoso leitor, entenda a(s) causa(s) de alguns comentários meus acerca da “política” (minúscula) portuguesa que podem lhe ter parecido excessivos. Me desculpo. Mas é mais forte do que a razão e a serenidade. Muito difícil para quem tem a presunção de ser minimamente inteligente guardar a calma perante toda esta grosseria dos “comentadores”, ou melhor, destes bonecos de ventríloquo, sim, porque estas imbecilidades e insultos são plasmadas pelos “líderes” de terno e gravata, uns com bochechas bem acentuadas, outros, nem tanto, e pelos “sacerdotes do povo”, sem gravata, que tanto falam (e os seus departamentos escrevem)  em pacto, roubo, corja, gordos banqueiros, pingo doce, etc… deu para perceber?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-