quinta-feira, 26 de julho de 2012

Já virou rotina...

...mais uma igreja incendiada por muçulmanos:


Igreja é incendiada na província de Aceh
A preocupação é crescente entre os cristãos na província de Aceh, vítimas de uma série de ataques recentes de grupos extremistas ou desconhecidos. A onda de violência se agrava com a política das autoridades locais, que em vez de acabar com os ataques, continua fechando igrejas grupos de oração por ausência de permissão para operar
Na madrugada de 18 de julho, a igreja Pakpak Dairi, na regência de Singkil, foi incendiada por desconhecidos. Bancos e diversos instrumentos musicais foram destruídos.
Os membros da igreja agiram rapidamente e impediram que o prédio fosse consumido pelo fogo. Eles encontraram do lado de dentro do prédio cerca de 15 litros de gasolina.
Os investigadores não encontraram os culpados do crime até o momento.
A regência de Singkil fica na província de Aceh, a única província da Indonésia regida pela sharia, a lei civil baseada em preceitos do islamismo. Há uma “polícia moral” que certifica que a sharia está sendo cumprida, e que pune as suas violações.
Fonte: Asia News

Este ano já perdi as contas de quantas foram...

Título e comentário: Vitor Grando

Um comentário:

  1. Jim, sabe o que é mais triste nessa história?


    É que esse mal já existia antes do Islamismo e vai continuar enquanto existir a fé no Deus Único.


    Judeus, Cristãos, Muçulmanos têm isso em comum: desde o início, as 3 religiões monoteistas são famosas por desrespeitarem TODAS as religiões, culturas, sociedades e civilizações, destruírem os locais de culto, tocar o Terror, incendiarem bibliotecas e assar pessoas vivas.



    O "respeito pela fé alheia" nunca foi o forte das religiões Monoteístas.


    Nada como um dia após o outro, um Único Verdadeiro Deus após o outro, um horror após o outro. O Mal se alimenta do Mal.


    Nada como engolir de volta o próprio veneno. O gosto deve ser HORRÍVEL.




    Todas as facções de monoteístas vivem de destruir umas ás outras. É a Guerra de Quadrilhas pelo poder terreno, cada uma vendendo um terreno para as almas no céu. O Mal é sempre auto-destrutivo. Uma víbora devora outra. É a serpente engolindo a própria cauda, mordendo o próprio corpo, mastigando as próprias entranhas e devorando a si mesma.


    Os primeiros cristãos eram chamados de ATEUS porque "negam a existência de todos os deuses de todos os povos de todas as culturas e de todas as civilizações, não respeitando nenhuma das crenças do mundo conhecido, nem mesmo a dos próprios judeus cujo Deus Único dizem adorar."



    Parafraseando Karl Marx: a farsa se repete como História.


    É óbvio para qualquer observador atento — e honesto — que
    o Cristianismo foi o grande Movimento Revolucionário da Idade Antiga.


    Como diz aquela piada:


    — "Porquê os bárbaros vândalos não conseguiram incendiar todas as bibliotecas como Biblioteca da Alexandria e destruir os templos dos antigos deuses gregos e romanos?"


    — "Porque os cristãos chegaram primeiro."

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-