quinta-feira, 31 de março de 2022

Marco Aurélio Mello diz temer presidência de Moraes no TSE

'A atuação do juiz trepidante deve ser afastada', disse o ex-ministro

Cristyan Costa

Marco Aurélio Mello [foto], ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), disse temer “tempestades” que podem vir com a presidência de Alexandre de Moraes no Tribunal Superior Eleitoral. “A atuação do juiz trepidante deve ser afastada”, disse Mello, em entrevista publicada nesta quinta-feira, 31, pela BBC.

“Vamos adotar temperança, vamos adotar compreensão sem abrir mão da prevalência das regras jurídicas”, defendeu Marco Aurélio. “Sob a minha ótica, a atuação judicial de Moraes vem sinalizando que ele vai ser muito incisivo como presidente do TSE. Que os demais integrantes compreendam que nem tudo o que ele pensa que é bom para o país é aconselhável no contexto existente.”

Marco Aurélio manifestou uma de suas preocupações: “Por exemplo, se por isso ou por aquilo houver o indeferimento do registro do atual presidente da República numa tentativa de reeleição, aí eu não sei o que poderíamos ter.”

Em inúmeras ocasiões, Marco Aurélio Mello se desentendeu com Alexandre de Moraes. O ex-ministro chegou a chamar o colega de “xerife” em virtude dos inquéritos que miram aliados do presidente Jair Bolsonaro. Marco Aurélio deixou a Corte em julho de 2021 e foi substituído por André Mendonça.

Título e Texto: Cristyan Costa, revista Oeste, 31-3-2022, 12h03

Um comentário:

  1. O ilustre não deveria temer. Por lá, são todos Farinha e fazem 'farrinha' do (no) mesmo saco...
    Carina Bratt
    Ca
    de Campinas, São Paulo

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-