quarta-feira, 4 de novembro de 2020

[Viagens, Produtos e Serviços] Barbearia Santo António

 Fica na rua 31 de Janeiro, no Porto, no lado esquerdo de quem sobe. 

Tinha lá estado, cortando o cabelo, em junho de 2020. Uma amiga minha, quando estive no Rio em agosto deste ano, até elogiou o corte. 

É uma barbearia de verdade, das antigonas! Tem quatro cadeiras, a primeira era a do irmão. Atual dono, que não trabalha mais devido a doença prolongada. 

Estas e outras informações me foram reveladas na primeira vez, em junho. 

Voltei lá no mês passado. O senhor António Fernando, de 82 anos, lá estava sentado no fundo do estabelecimento. 

Sentei na cadeirona, seu Fernando pegou na tesoura e pente e começou a cortar o meu cabelo. E a falar… 😊 

Desta feita, soube da sua infância dura: “passei muita fome por causa do Salazar.” (Acho que o seu António Fernando é comunista, a julgar por um folheto de propaganda da CDU, bem atrás de um Santo António.) 

A revelação mais surpreendente: Seu António é analfabeto. (!?) 

Entretanto, o corte concluído, seu Antonio ainda continuava conversando. Parecia contente. Devia ser tipo 16h, eu era o segundo cliente. Triste, né? 

Desta vez, acho que o seu António cortou d+. Mas, lá voltarei, se Deus quiser, para cortar o cabelo e  (continuar a) ouvir a história da vida do senhor António Fernando. 

Aos portuenses que me ouvem, quer dizer, que me leem, recomendo a ida à Barbearia Santo António. Uma forma prática de prestigiar o comércio local e tradicional. 

Fotos: Hilda Torres

Anteriores:
A IKEA ainda não me entregou as almofadas! E não responde!
Voando do Rio a Lisboa a bordo da caríssima TAP e sua tripulação Schutzstaffel (SS)
[Viagens, Produtos e Serviços] Voando na TAP durante a pandemia do vírus chinês
Voo TAP 073 – LIS/RIO
Fuja da Media Markt: não compre lá nada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-